Sementes e árvores.

Há pessoas que nasceram para serem sementes: elas estão ali, lançadas pelo vento da vida, e ficam à espera de alguém que as germinem. Várias mãos e corações fazem inúmeras tentativas, flores brotam e murcham, alguns espinhos crescem e machucam, mas caem… Ou vivem. Quando a terra não é boa, troca-se o vaso, o sol muda, muda-se a posição do vaso na varanda e se chover, colocamos para dentro de casa, cheios de cuidados.

E também existem pessoas que são árvores. Um dia já foram sementes, mas decidiram fincar suas raízes  por si mesmas. Aprenderam a avaliar a terra, buscar o sol, a fazer brotar suas lindas flores e frutos. E ainda conseguem oferecer sombra através de sua frondosa folhagem. Guardaram histórias de amor impressas em seus caules. Abrigaram pessoas em dias de tempestades… e sobreviveram à elas.

Tenho um amigo que diz que eu já nasci árvore. Eu acho engraçado, mas feliz pela comparação. E sempre digo à ele: o importante é que cheguei até aqui, aproveitando cada fase, desde a germinação até agora!

O importante, nesta vida, é ter um horizonte para olhar, um coração para desejar e braços para nadar e alcançar!

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s