Bolas de gás.

Em minha breve carreira como educadora, tive alunos tão especiais, que vivem em mim como lembranças até hoje. Um deles (João Pedro) é um dos que estão na lista que minha memória guarda com muito carinho. Ele tinha quatro anos e era uma das crianças mais calmas da turma. Era daqueles que poupava minhas cordas vocais e não ajudava a aumentar meus níveis de cortisol. Adorava aquela criança.

Próximo ao seu aniversário, sua mãe foi à escola para comunicar que faria uma pequena festa na hora do recreio. Eu me comprometi a arrumar a mesa durante o dia, antes dos dois chegarem.

Naquele dia, eu passei a aula inteira corrigindo os cadernos e enchendo bolas de gás. Comprei umas bem coloridas para colar na parede e distribuir para os outros alunos. Quando terminei, tive a certeza que ele adoraria a surpresa!

O sinal tocou e fomos para o refeitório, onde as outras crianças aguardavam a chegada de João Pedro, com olhos carregados de admiração pelos balões e as mãos cheias de ansiedade.

Quando o menino chegou e viu aquela quantidade de balões, agarrou as pernas da mãe e começou a chorar. Por um momento, passou um curta metragem na minha cabeça, tentando encontrar o sétimo erro do jogo. Mas como, se não tinha nem o primeiro?

E não demorou. Logo a mãe do aniversariante pegou a caneta e finalizou a brincadeira: o garoto tinha medo de bolas de gás.

Hoje eu acordei com o peso do desânimo sobre os ombros. Olhei pela janela e nem as estrelas que tanto amo me ajudaram a mudar de ideia.  Não sorri, não as contei. Não quis papo com elas.

Senti-me vazia igual a uma bola de gás. Cheia de tudo. Esperando que alguma coisa me desse um sopro forte à vida.

Vou estourar esta sensação e encher outra, é melhor. A vantagem dos sentimentos é essa: pode-se optar por uns e abandonar outros.

Agora sei por que o JP não gostava delas…

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s