Todos os clichês do mundo

fix_you__by_spraypainttragedyEu nem sei o que te dizer, para ser sincera. Vejo suas fotos e sinto saudade. Queria ter vivido tanta coisa contigo, que nem imagina. Pareço uma pedra, uma mulher que não sorri, pouco fala e quase nada sente. Mas não é assim. Sinto tudo. Sinto até o que não deveria.

Cheguei à conclusão de que cartas são ultrapassadas e inúteis numa era onde a saudade e o desejo estão ao alcance das mãos. Parei de escrevê-las, só para aderir à modernidade. Só para você sentir minha falta. Só para você lembrar de mim (eu não preciso lembrar de você).

Juro que eu queria te dizer umas coisas, algumas carinhosas, outras picantes, mas me conforto com a certeza que há nas voltas que o mundo dá e nos pauzinhos mexidos pelo Destino. Minha fé não bate com a tua, você dorme agora e eu pergunto: estou escrevendo para quem? Mais um daqueles amores que só vivem no platonismo barato? Amores que conhecerão outras bocas nesse meio tempo e esquecerão de mim?

Aliás, você esqueceu de mim?

Aryane Silva

 

IMAGEM: Spray Paint Tragedy (Deviantart)

Anúncios